3. CRIAÇÃO DE DOCUMENTOS EM HTML

 

Você com certeza sabe trabalhar com o word, não é verdade? Então, faça o seguinte: abra um documento do word, e digite um texto qualquer que você queira colocar na internet.

 

Pronto?

 

Bom, agora você vai salvar o texto. Para esse texto não ficar perdido depois, a minha sugestão é que você o salve em uma pasta denominada, por exemplo, “MEU SITE”. Dentro dessa pasta, você poderá criar outras pastas e sub-pastas, para organizar melhor o seu computador e para organizar todo o material que você vai querer colocar no seu site.

 

Veja bem: é melhor você gastar dez minutos agora, organizando o seu computador, para não perder horas depois, procurando os seus arquivos. A organização é essencial.

 

Por exemplo:

 

Crie uma pasta (folder) denominada MEU SITE.

Dentro dessa pasta, crie outras pastas, por exemplo, uma para ARTIGOS, outra para LEIS, outra para FIGURAS. Em cada uma dessas pastas, você poderá criar sub-pastas, e poderá organizar os seus documentos em word, em html e até mesmo em pdf, ou as figuras, fotos, etc.

 

Dentro da pasta ARTIGOS, por exemplo, é que você vai arquivar todos os seus artigos em word, que depois serão transformados em html, para colocar na internet.

 

Você poderá abrir também uma sub-pasta para arquivar os mesmos artigos já transformados em html.

Quando você for transferir os arquivos em html para a internet, você já vai saber em que pasta eles estão.

Também para facilitar ainda mais o seu trabalho, antes de acessar o programa do Yahoo que transfere os seus textos em html ou as suas figuras para a internet, você pode copiar para o diskete tudo que você vai querer transferir para a internet, naquele momento. É mais fácil de localizar. Depois, você poderá apagar o diskete, porque os textos já estão arquivados nas pastas, como explicado acima.

 

Pronto?

Agora vamos ver, finalmente, como é que se transforma um documento do word em html.

 

Abra novamente esse texto em word, que já está salvo em uma pasta do seu computador, e que você denominou  artigo1, por exemplo.

Aberto o documento do word chamado artigo1, você vai clicar lá em cima, do lado esquerdo, em ARQUIVO, depois vai clicar em SALVAR COMO.

Na caixa que vai aparecer, digite o nome do arquivo da seguinte maneira: artigo1.html  (por exemplo)

O nome é você quem escolhe. Mas não complique.

 

Dicas:

Você pode colocar qualquer nome, seguido de ponto html. Use apenas minúsculas, não use acentos, não use nem “til” nem “cedilhas”. E procure simplificar o nome. Quanto menor, melhor.

E preste atenção:

Se você digitar Artigo1, isso não será o mesmo que artigo1.

Também se você digitar um espaço, por exemplo: artigo 1, isso também não será o mesmo.

 

Depois, o documento não vai ser encontrado na internet, porque se você digitar, por exemplo, o endereço www.profpito.com/Artigo1.html,  e o correto seria www.profpito.com/artigo1.html, o seu artigo não vai ser encontrado.

 

Também se você digitar artigo-1, é outra coisa, é um nome diferente.

 

Preste atenção para isso, porque eu “quebrei a cabeça” uns dois dias, para entender o que estava acontecendo, quando eu não conseguia acertar a fazer os links. (depois vou falar sobre isso)

 

Observe também que esse nome (artigo1) vai fazer parte de um “endereço” (url) na internet.

 

O que significa isso?

 

Significa que, quando você precisar acessar esse texto chamado artigo1.html, você vai ter que acessar o endereço completo da internet.

 

Por exemplo, agora você está acessando o endereço (veja lá em cima, na caixa do endereço que está sendo acessado no internet explorer):

http://www.profpito.com/3.criacao.html

 

Por que isso?

 

Porque o texto que eu preparei em Word para lhe explicar o processo de transformação para html foi salvo com o nome 3.criacao (porque não pode ter nem til nem cedilha).

Observe também que ele foi salvo como html.

Poderia ter sido salvo como htm.

Você é que vai escolher, na hora de salvar o documento.

Entendeu?

 

Veja bem: Eu preparei este texto em word, no meu computador, depois o transformei em html, com o nome: 3.criacao. Portanto, sem til, sem cedilha.

 

Como o endereço (url) do meu site é http://www.profpito.com , depois que este texto foi colocado na internet, o endereço dele ficou sendo: http://www.profpito.com/3.criacao.html

 

Entendeu?

 

Bem, como eu estava dizendo, vamos transformar o seu documento do Word em html.

          Você já clicou em ARQUIVO, depois em SALVAR COMO, e depois você já digitou artigo1.html

 

Agora, na mesma caixa, logo em seguida, você vai escolher: salvar como tipo. Aqui, você deve escolher html ou então página da web, dependendo do seu computador.

 

Uma dica:

Repare que quando você selecionar salvar como tipo, vai desaparecer o “l” de “html”, que você já digitou acima. Então, digite novamente, para ficar assim: artigo1.html (e em baixo, página da web).

 

Bem, agora você vai selecionar, nessa mesma caixa, lá em cima, em que pasta do seu computador você vai salvar esse documento em html. Isso é necessário, evidentemente, porque senão depois você não vai mais conseguir encontrá-lo. Você pode criar uma nova pasta, chamada, por exemplo, ARTIGOS EM HTML.

 

Bem, então você já pode clicar em “salvar”.

 

Pronto? Verifique se o artigo1.html está na pasta onde você colocou. Clique nele, para ver se está tudo bem, se ele foi salvo corretamente.

 

Esse é o texto que mais tarde você vai colocar na internet. O seu artigo doutrinário, por exemplo. O nome dele é “artigo1

 

Nesta página, por exemplo, que você está acessando e lendo, o endereço desse seu artigo na internet ficaria assim:

http://www.profpito.com/artigo1.html

 

Entendeu?

 

Mas no seu caso, você vai construir uma página gratuita no yahoo-brasil.

 

O seu endereço vai ficar mais ou menos assim:

 

http://geocities.yahoo.com.br/SEUNOME/index.html

 

Onde está escrito SEUNOME, vai constar o nome que você escolher quando se cadastrar no yahoo. Isso nós vamos ver depois.

 

Portanto, esse artigo que você já preparou vai ficar com o seguinte endereço (url):

 

http://geocities.yahoo.com.br/SEUNOME/artigo1.html

 

Bem, agora você já sabe preparar os seus documentos em html, que poderão ser colocados na internet.

Esses documentos vão ficar guardados na pasta própria, no seu computador, para que depois você possa colocá-los no site que você vai criar.

 

Dica:

Suponhamos que você já colocou na internet o seu artigo1 e que o endereço dele ficou sendo:

 

http://geocities.yahoo.com.br/SEUNOME/artigo1.html

 

Agora, nós temos um problema: será que cada vez que você precisar acessar o artigo1, você vai precisar digitar todo esse endereço lá em cima, no internet explorer?

 

Claro que não. Basta que você saiba fazer os links, e você poderá apenas clicar em cima, para acessar o artigo1. Você, ou todas as pessoas que acessarem a sua página, evidentemente.

 

Para saber como fazer os links, veja nos próximos tópicos: Como fazer links no word  e:

 Como fazer links no page builder.