"A Ordem dos Advogados deveria olhar o umbigo"

http://www.senado.gov.br/noticias/OpiniaoPublica/inc/senamidia/notSenamidia.asp?ud=20110120&datNoticia=20110120&codNoticia=511784&nomeOrgao=&nomeJornal=Zero+Hora&codOrgao=2729&tipPagina=1

 

Alceu Collares, ex-governador

Aos 83 anos, o ex-governador Alceu Collares, defende a pensão vitalícia e desafia a OAB a investir energia na discussão de outros temas, como o fim do exame da ordem para bacharéis em Direito que queiram atuar como advogados. Abaixo, leia trechos da entrevista que ele concedeu por telefone:

Zero Hora " Como o senhor avalia a iniciativa da OAB de questionar a legalidade da pensão para ex-governadores?
Alceu Collares " Para os que completaram mandato, isso é um direito adquirido. Podem tomar decisão para proibir daqui para frente. Mal ou bem, direito é direito. Não tem como fazer a correção pelo Judiciário de uma lei que foi devidamente aprovada na Assembleia. A OAB devia olhar o umbigo.

ZH" Por quê?
Collares " Se olhassem o umbigo, iam ver que crime estão cometendo com o exame da Ordem. É o maior absurdo da história do direito brasileiro. A Ordem dos Advogados, numa verdadeira reserva de mercado, toma decisão de jogar no lixo as faculdades sob alegação de que a quantidade de cursos prejudica a qualidade do ensino do direito. Isto é real, mas a Ordem dos Advogados, que é a minha Ordem, tinha de cessar esse exame e pedir o fechamento das faculdades que não cumprem as determinações do Ministério da Educação. É um assalto que a Ordem faz.

ZH " A lei que trata da pensão dos ex-governadores proíbe de que acumulem outras rendas públicas. O senhor é aposentado pelos Correios. Tem outras rendas?
Collares " Sou aposentado. E tenho um valor que recebo do Congresso, fui deputado 20 anos. É um pagamento pequeno. Em todos, fiz contribuições. Todas as minhas remunerações, principalmente a de conselheiro de Itaipu (cargo concedido pelo governo federal), que uma inveja nessa gente, são na forma da legislação.

ZH " Quanto o senhor recebe em Itaipu?
Collares " Não tenho de falar da minha vida pessoal (em agosto do ano passado, Collares revelou a ZH que recebe em Itaipu "pouco menos de R$ 14 mil").

ZH " Não quer responder para dar mais inveja?
Collares " Não me alimento da inveja dos fracassados. Fracassados como esses da Ordem que estão têm é de se preparar para serem governadores de Estado. Qualquer um pode ser governador, mas não chega qualquer um. Todos têm oportunidade na eleição. Escolham um partido, se candidatem e podem chegar a governador. Acontece que tem de estar preparado. E o gasto que tem um ex-governador é muito grande para fazer conferências, viagens e debates, e ele deve manter um padrão de vida.